Big Ben! Rede Celpa de Energia! Cerpa O orgulho de ser Paraense! Unimned Belém Grupo Formosa Acadêmia Pelé Club Clínica Som Diagnósticos Fênix Automovéis Universidade da Amazônia Hospital Saúde da Mulher Lojas Visão Quality Incorporadora Vivo - Viver sem fronteiras Aspectho PommeD'Or Solare Hotéis Óticas Pará Villa Del Rey SEBRAE Marko Engenharia
maurobonna_img         Capitaneando o Argumento há 16 anos, o mais influente e prestigiado programa de entrevistas do Estado, entre outros 'zilhões' de projetos, o jornalista Mauro Bonna tem mais de 15 mil motivos para comemorar seus 20 anos de jornalismo.

Este é o número aproximado de entrevistas, sempre marcadas pela polêmica e em tempo real, que o jornalista contabiliza nestas duas décadas de atividades na televisão.

Tudo começou quando o empresário Jair Bernardino de Souza, dono do antigo Grupo Belauto, fundou a Rede Brasil Amazônia de Comunicação (RBA), canal 13, então afiliada da Rede Manchete, e convidou Mauro Bonna, que até então não tinha nenhuma experiência de vídeo, para fazer um programa, ao vivo, entrevistando políticos e empresários. Para encarar a empreitada, Mauro passou por um rigoroso processo que incluiu treinamentos com a fonoaudióloga Márcia Salomão, curso de dicção com Walter Bandeira e estágio na TV Manchete, além de inúmeros `pilotos' (programas-testes onde se faz de conta que é pra ver como seria se fosse). A entrevista de estréia de Mauro Bonna no `RBA Entrevista', sob a direção de Linomar Bahia, foi com o então ministro da Previdência, Jader Barbalho, que era muito amigo de Jair Bernardino.

O Argumento é transmitido para 72 municípios paraenses, através do RBA Sat.e 100% em HD.Além das entrevistas,acompanhadas com atenção pela seleta audiência dos formadores de opinião, desde 2001, o Argumento abriu um espaço privilegiado que valoriza o trabalho dos arquitetos paraenses. Modernos, conceituais e sempre muito bem realizados, os cenários do Argumento deixam os arquitetos entusiasmados com a possibilidade de expor o seu trabalho em horário nobre. Na contramão da maioria dos profissionais,que começam no jornalismo impresso e depois migram para a televisão, Mauro Bonna primeiro ganhou experiência na TV e, bem depois, começou a escrever a coluna que assina até hoje nas edições de domingo, terça e quinta no Diário do Pará. "Fui convidado pelo Chico Melo e o Guilherme Barra, da direção do Diário", lembra Mauro.

Assim como não se aconselha ninguém a ir pra cama sem assistir o Programa do Jô, também não é recomendável deixar de ler a coluna de Bonna no Caderno Negócios, aos domingos, sob pena de ficar sem assunto por toda a semana.É, sem dúvida, a mais bem informada coluna do jornalismo paraense, sempre com um algo a mais, antecipando acontecimentos, principalmente, dos setores empresarial e político. E prosseguindo com sua trajetória no jornalismo impresso, Mauro Bonna, juntamente com a jornalista Beth Mendonça, edita o Guia Grande Belém do Grão Pará, que já está em sua terceira edição, bem como os Guias de Manaus, Santarém, Marabá, O livro do Círio, em comemoração aos 100 anos do lançamento da pedra fundamental da Basílica de Nazaré e o livro " Quem faz o Círio", em comemoração aos 100 anos de criação da Diretoria da Festa de Nazaré.

Mauro Bonna também é o diretor comercial e responsável do Caderno Negócios que, há 16nos, divulga os produtos e serviços de empresas que, graças à publicação, conquistam novos espaços no mercado, e aumentam sua produtividade. O Negócios é o veículo perfeito para a divulgação de campanhas educacionais, alertas de responsabilidade social e questões ligadas ao meio ambiente. A linha editorial também aborda as mais variadas atividades empresariais, turismo, comportamento, saúde, além de artigos de renomados especialistas.

CREDIBILIDADE Tanto nos Negócios como em seus programas de televisão, Mauro Bonna sempre contou com o apoio publicitário maciço da iniciativa privada, o que demonstra a credibilidade que o jornalista conquistou. Só para ilustrar, o Grupo Big Ben e os supermercados Formosa patrocinam o Argumento desde sua primeira edição, há 16 anos, até hoje.

É importante ressaltar,também, que, desde o início de seus programas em televisão,o apresentador sempre procurou regionalizar os assuntos."Mesmo quando o entrevistado é de fora, sempre buscamos explorar os assuntos que tenham repercussão no Pará ou os benefícios que determinado projeto possa trazer para o Estado", conclui Mauro Bonna. Fez mais um programa, o RBA Debate, e apresentou, ainda, o Jornal da Manhã.

Quando Jader Barbalho foi eleito governador do Estado, nomeou Mauro Bonna para presidente da Funtelpa. Na TV Cultura, Mauro fez o Contraponto,programa de entrevistas, apresentado todas as noites de segunda a sexta-feira. De volta à TV RBA, já afiliada da Rede Bandeirantes, Mauro começou a apresentar o Argumento, programa que completou 16 anos, ininterruptos no ar, em dezembro de 2009, sempre no disputadíssimo horário noturno das segundas-feiras.

As mais importantes personalidades do mundo político, econômico e empresarial tanto em nível local como nacional já passaram pela bancada do programa, com destaque para o presidente Lula , que já esteve três vezes no programa, Paulo Maluf, Ciro Gomes, José Dirceu, o saudoso Waldemar Henrique, Lúcio Flávio Pinto entre outros. "Já fiz entrevistas com candidatos tanto a cargos políticos de prefeito, governador e presidente, quanto de órgãos e entidades como OAB, UFPA, UEPA, Assembléia Paraense e Mauro Bonna: mais de 15 mil entrevistas em duas décadas de atuação.Daí em diante, o jornalista tomou gosto pela coisa e não parou mais.